Novo

Livro Casa Modernista A History Of The Brazil Modern House

740 reales

em 12x 71 reales con 74 centavos

Chegará amanhã com Mercado Envios

Somente para SP capital e regiões da Grande SP, Rio de Janeiro e Curitiba

Comprando dentro das próximas 21 h 59 min

Benefício Mercado Pontos

Retire a partir de terça-feira em uma agência Mercado Livre

Comprando dentro das próximas 21 h 59 min

Benefício Mercado Pontos

Ver no mapa

Último disponível!

Devolução grátis

Você tem 30 dias a partir do recebimento do produto para devolvê-lo, não importa o motivo!

Garantia

Compra Garantida com o Mercado Pago

Receba o produto que está esperando ou devolvemos o seu dinheiro

Garantia da loja

Sem garantia

Características principais

Título do livroCASA MODERNISTA – A HISTORY OF THE BRAZIL MODERN HOUSE
AutorJose de Assis Lefevre (Prólogo), Alan Hess (Autor), Alan Weintraub (Fotógrafo)
IdiomaInglês
Editora do livroRizzoli
Cor da capaAzul-celeste
Capa do livroDura
Com índiceNão
Ano de publicação2010

Outras características

  • Quantidade de páginas: 324

  • Altura: 4 cm

  • Largura: 29 cm

  • Peso: 3399 g

  • Material da capa do livro: Cartonado

  • Com páginas para colorir: Não

  • Com realidade aumentada: Não

  • Coautores: Jose de Assis Lefevre,Alan Hess,Alan Weintraub

  • Gênero do livro: Arquitetura,Brasil,casas,modernidade

  • Tipo de narração: Manual

  • Idade mínima recomendada: 15 anos

  • Idade máxima recomendada: 125 anos

  • ISBN: 9780847831753

Ver mais características

Descrição

Utilizando os materiais modernos de concreto e vidro reforçado, bem como madeira e aço, os brasileiros trouxeram ao Modernismo uma filosofia tácita que permitiu o livre fluxo da natureza e formas construídas, de modo que aquele não era dominado por outro, mas sim abraçado por isto. Os prédios ondulantes e formas amorfas de Oscar Niemeyer são, talvez, as expressões mais conhecidas desta filosofia, em que a linha reta típica da casa moderna da Europa torna-se um arabesco gracioso. A história da Casa Modernista no Brasil é uma tradição, um grande florescimento de talentos e visão e uma nova experiência reveladora do Modernismo, que até agora não tinha sido devidamente documentada.